Culinária holandesa

Ao contrário do que acreditam alguns, a culinária holandesa vai além de arenque e queijo. Conheça empreendedores culinários e gourmets apaixonados, explore as intrigantes tendências da culinária holandesa e descubra os melhores restaurantes, os favoritos dos moradores locais e os pratos imperdíveis. Bom apetite!

  • Agitando no bar do hotel
    Marloes Tervoort, Sexta-feira, 13 de Junho de 2014

    Quando saio para fazer compras, gosto de entrar em hotéis só para saber como um turista se sente na minha cidade. Absorver o sentimento atemporal de um viajante em um lugar estranho me tira do cotidiano. Parece que não sou a única, dada a crescente popularidade dos bares dos hotéis. Por sorte, eles não são mais frequentados somente por hóspedes.

    Ler mais
  • Deixa a música tocar
    Marloes Tervoort, Sexta-feira, 9 de Maio de 2014

    Eu amo sair. Uma boa refeição, um drinque no bar, assistir exibições e apreciar uma peça no teatro. Eu também gosto de shows, mas como qualquer holandesa prefiro locais com uma atmosfera aconchegante. É por isso que gosto do Paradiso, templo pop da capital, ou do íntimo Bitterzoet, onde quase é possível tocar o artista.

    Ler mais
  • O melhor do pão
    Denise Kortlever, Segunda-feira, 17 de Março de 2014

    Gebr. Niemeijer é uma das melhores padarias de Amsterdam. Tudo nesta padaria francesa, desde pães a viennoiserie e patisserie, é feito à mão - sem quaisquer aditivos - e assado em um grande forno de pedra. Seus croissants possuem muitos admiradores locais e até mesmo os clientes franceses mais exigentes enfrentam filas por seus pain au chocolat e baguetes. Localizada em Nieuwendijk, a Niemeijer é tanto uma padaria quanto um charmoso café em estilo art-decó onde são servidos excelentes cafés (do sul da Itália). Compre um pão azedo fresco para levar ou aprecie um almoço com pão de nozes e geleia de figo caseira. Lembre-se de reservar um espaço para as torteletas de limão ou macarons!

    Ler mais
  • Faca e queijo na mão
    Denise Kortlever, Segunda-feira, 27 de Janeiro de 2014

    Betty Koster é a especialista definitiva em queijos na Holanda e dona do l’Amuse, uma loja de queijos altamente recomendada com filiais em Santpoort e Amsterdam. Poucas pessoas possuem tanto conhecimento e falam com tanta paixão sobre queijos quanto Betty. Segundo ela, o que torna o nosso queijo holandês tão especial é o fato de este pequeno país possuir tantos territórios diferentes e é exatamente isto que determina o sabor. Na Holanda, temos queijos maturados da região de Groene Hart e queijos adocicados e cremosos na província de Brabant, onde as vacas pastam em ricas pastagens.

    Ler mais
  • "Oliebollen" e "appelbeignets"
    Denise Kortlever, Segunda-feira, 16 de Dezembro de 2013

    Apreciar essas doçuras é parte integrante da celebração de ano novo, normalmente acompanhadas por uma taça de champanhe à meia-noite. "Oliebollen" são bolinhas de massa, feitas de farinha, ovos, fermento e leite, fritas em óleo quente. Às vezes, usamos cerveja em vez do fermento e uva passa, cascas e maçãs cristalizadas como acréscimos opcionais. É preciso polvilhar o "oliebollen" com uma generosa quantia de açúcar de confeiteiro! "Appelbeignets" são fatias redondas de maçã mergulhadas em uma massa doce, fritas e servidas com açúcar e canela.

    Ler mais
  • Renascença do teatro
    Marloes Tervoort, Sexta-feira, 15 de Novembro de 2013

    Teatros. Eu já fui uma crítica teatral e por isso passava muito tempo nos teatros de Amsterdam. Apesar de apreciar a arquitetura, elas estavam um pouco velhos com átrios sombrios, vestiários abafados, café ruim, esse tipo de coisa.

    Ler mais
  • Uma noite no museu
    Marloes Tervoort, Terça-feira, 3 de Setembro de 2013

    Eu ainda me lembro muito bem da primeira Noite no Museu em Amsterdam. Eu e meus colegas compramos ingressos com bastante antecedência e esperávamos ansiosos para dançar toda a noite no museu. Para nós, estava claro: este evento era imperdível. Eu ainda posso me ver agitando ao som do DJ Per no Tropenmuseum e antes disso fomos ao Stedelijk, Rijksmuseum e ao Museu Histórico Judeu para que não perdêssemos nada. Afinal, todas essas diversões em uma só noite requer planejamento inteligente e uma bicicleta adequada.

    Ler mais
  • O leste selvagem
    Denise Kortlever, Terça-feira, 3 de Setembro de 2013

    Mesmo que a Holanda seja um país pequeno e densamente povoado, contamos com uma população de animais selvagens relativamente grande graças ao cuidadoso gerenciamento da vida selvagem. As florestas e campos são habitados por grandes quantidades de lebres, javalis, faisões e cervos. A parte leste do país é conhecida principalmente por sua carne de caça de boa qualidade. A razão é que nos solos arenosos da reserva natural "Veluwe", os animais realmente precisam procurar pela comida. Todo esse exercício é muito benéfico para a qualidade da carne e torna-a boa e macia. A caça selvagem é geralmente vista como honesta e provavelmente a forma definitiva de obter carne sustentável ao ar livre.

    Ler mais
  • Comendo juntos
    Denise Kortlever, Segunda-feira, 29 de Julho de 2013

    Estamos conectados ao mundo inteiro pela internet e pelas mídias sociais. Porém, ao mesmo tempo, as pessoas parecem buscar cada vez mais contato pessoal "real". Queremos realmente conhecer nossos vizinhos, ter refeições com pessoas inspiradoras e provar o melhor das outras culturas. Compartilhar a comida é a maneira definitiva de conectar-se.

    Ler mais
  • De Parade está de volta!
    Marloes Tervoort, Quinta-feira, 6 de Junho de 2013

    O festival itinerante De Parade é conhecidíssimo na Holanda. De junho a agosto, eles tocam em Haia, Utrecht, Roterdam e Amsterdam. E mesmo que os verões holandeses não sejam muito tropicais, o De Parade transforma qualquer verão em festa. Pessoalmente, penso que isso é devido à sensação nostálgica, com suas pequenas tendas de circo que atendem os palcos, casinhas montadas que servem como restaurantes temporários e o carrossel no meio. O De Parade possui uma atmosfera divertida que age como um ímã sobre a plateia que consiste principalmente em pessoas por volta de 30 anos.

    Ler mais
  • O oeste é o melhor
    Marloes Tervoort, Segunda-feira, 27 de Maio de 2013

    Admito que seja distante de onde vivo, depois do Scheepvaartmuseum e da Estação Central, abaixo do Haarlemmerstraat, mas vale a pena sempre. Às vezes, vou lá para um piquenique nos campos do Westerpark e em outras provo scones e café na "Bakkerswinkel" antes de varar pelo escuro para ver um filme no aconchegante cinema "Ketelhuis".

    Ler mais
  • O segredo da ovelha Texel
    Denise Kortlever, Segunda-feira, 6 de Maio de 2013

    As ovelhas Texel vêm obtendo resenhas incríveis e sendo elogiadas em todo o mundo. Até mesmo a rainha holandesa Beatrix disse ser uma fã e existem boatos de que as ovelhas são servidas quando ela oferece banquetes oficiais para chefes de estado estrangeiros. O segredo por trás da ovelha Texel é o seu sabor único: um sabor ligeiramente salgado, advindo do ar salgado e solo salino, além de ser extremamente macia e suculenta.

    Ler mais
  • Para grisalhos e estilosos
    Marloes Tervoort, Quarta-feira, 24 de Abril de 2013

    Parado na Praça do Museu, admirando o neoclássico Concertgebouw, é difícil imaginar que em 1881, quando sua construção foi autorizada, todo o local era coberto por pântanos além dos limites da cidade. Contudo, o recém-aberto Stedelijk Museum cruza diagonalmente a estrada e o renovado Rijksmuseum imediatamente do outro lado, sendo agora o local cultural para se estar.

    Ler mais
  • Salsicha da moda
    Denise Kortlever, Segunda-feira, 18 de Março de 2013

    As salsichas costumavam ser um alimento inferior, somente adequadas para um lanche rápido e gorduroso. Mas as coisas mudaram muito. Seguindo a tendência de maior consciência ética das carnes por parte dos consumidores, todos parecem fazer suas próprias salsichas hoje em dia, desde entusiastas culinários que exercem sua criatividade em casa até chefes de uma ampla variedade de restaurantes.

    Ler mais
  • Indo ao Festival Internacional de Cinema de Rotterdam
    Heather Tucker, Terça-feira, 5 de Março de 2013
    Este ano, a 42ª edição do Festival Internacional de Cinema de Rotterdam (IFFR) foi realizada de 23 de janeiro a 3 de fevereiro de 2013. Comecei a ir ao festival em 2010 quando vi uma propaganda em uma via e não tinha ideia do que era. Todo ano me surpreendo o quanto me divirto e a cada ano tento assistir mais filmes do que no ano anterior (isso fica fácil, quando se começa assistindo apenas um!). Este ano não foi uma exceção.
    Ler mais
  • Explorando pratos holandeses tradicionais
    Denise Kortlever, Terça-feira, 5 de Março de 2013

    Pergunte a um francês sobre a comida francesa típica e provavelmente ouvirá tudo sobre croissants e bouillabaisse. Os espanhóis elogiarão as tapas de seu país e os italianos são resolutos em sua “pasta di mamma”. Mas e sobre comida holandesa: existe uma culinária holandesa tradicional? A resposta é sim e a popularidade desses pratos parece estar crescendo.

    Ler mais
  • Vivendo para música ao vivo
    Candy Dulfer , Terça-feira, 12 de Fevereiro de 2013

    Alguns artistas preferem trancar-se em estúdios ao gravar um CD. Eles se afastam do palco e parecem ter receio de cometer erros. Eu pessoalmente penso que não há substituto para uma apresentação ao vivo, pois não há nada mais real do que isso. Mesmo os menores erros são notados, mas tudo bem. Eu até mesmo espero que as coisas falhem às vezes, pois é aí que a diversão começa;

    Ler mais
  • Marqt e mercados
    Denise Kortlever, Terça-feira, 5 de Março de 2013

    Marqt é um novo tipo de mercado: uma cadeia autêntica de lojas que vendem alimentos como alternativa a supermercados tradicionais. As lojas em Amsterdam, Haarlem e Haia (em breve também em Roterdam) possuem comida orgânica fresca e acessível em um ambiente bonito e inspirador. Os fundadores Quirijn Bolle e Meike Beeren, que trabalharam em varejistas internacionais de alimentos, notaram que não havia muita oferta de comida fresca de verdade e decidiram que já era hora de mudar. "Os clientes parecem estar cada vez mais interessados no estado e antecedentes dos produtos comprados e muitas vezes não conseguem encontrar comida de verdade em supermercados tradicionais. O Marqt reúne os clientes, fazendeiros e produtores que oferecem exatamente esses produtos autênticos”.

    Ler mais
  • Bom para rir!
    Marloes Tervoort, Quarta-feira, 13 de Fevereiro de 2013

    Uma noite no porão muda algo em mim. Carente da luz do dia, eu me sinto à vontade instantaneamente, de certa maneira. Isso ocorria no bar da adega do prédio onde estudei. Entrar às 17h para um drinque significava sair bêbada seis horas depois. Eu me comporto melhor no clube de comédia Toomler, mas eu o acho aconchegante da mesma maneira.

    Ler mais
  • Comida=Design
    Denise Kortlever, Quarta-feira, 13 de Fevereiro de 2013

    Por que o chá fica em um saquinho? Por que tanto desperdício de alimentos nos restaurantes? Katja Gruijters sempre inicia seus projetos com questionamentos do óbvio. Embora comer seja uma necessidade básica, também faz parte de nossa cultura e está, portanto, ligado a rituais e interações humanas. Gruijters quer contribuir positivamente para nossa cultura culinária e assim projeta inovações em produtos alimentícios como doces de flores, pratos comestíveis e pedaços de renda de chocolate. Hoje em dia, seu foco principal é a sustentabilidade da comida. A estranha legislação alimentícia da Europa (existem regras governando estritamente o tamanho e formato de frutas e vegetais, por exemplo, as bananas devem ter uma curvatura perfeita) convenceu Gruijters que agora é o momento de redefinir a maneira pela qual percebemos a comida e abraçarmos produtos honestos e reais. Por isso, ela trabalha em projetos que, muito literalmente, possuem a comida por conceito, como um restaurante sem desperdício e jantares feitos completamente com sobras.

    Ler mais
  • Viva España en Holanda
    Racheda Kooijman, Segunda-feira, 7 de Janeiro de 2013

    Será que um espanhol apaixonado reside secretamente em cada holandês?  Os calmos e reservados holandeses, na verdade, possuem corações de fogo e paixão? Se sim, isso explicaria por que a Espanha é um dos principais destinos de férias e por que o flamenco é tão popular na Holanda. Cada grande cidade possui escolas populares de flamenco e os ingressos esgotam rapidamente quando artistas espanhóis chegam aos palcos holandeses. A primeira Bienal em 2006 foi, portanto, uma questão de tempo e, desde então, os melhores artistas de flamenco espanhol se reúnem a cada dois anos para demonstrar seus últimos desenvolvimentos. Como resultado de um cruzamento com outras culturas e gêneros musicais, os organizadores referem-se a ele como o "Flamenco em diferentes tons".

    Ler mais
  • Maçã da minha torta
    Denise Kortlever, Quarta-feira, 13 de Fevereiro de 2013

    Pergunte a qualquer holandês qual é sua torta favorita e a resposta provavelmente será "appeltaart". A maioria possui uma receita própria favorita, que geralmente é repassada por várias gerações, cada uma adicionando seu toque pessoal. O que todas possuem em comum, porém, é o aroma quente de canela junto ao chantilly recém-batido.

    Ler mais