História dos canais na Holanda

6 Visualizações

Desde que começaram a bombear água da terra, os holandeses constroem canais para viagem, irrigação e remoção de água. Os famosos canais de Amsterdam foram resultado do bom planejamento da cidade (para evitar que nossos amigos holandeses se afogassem) e servem como ruas adicionais para transporte. Leiden e Delft também foram projetadas levando em consideração o transporte pelos canais. Hoje em dia, não só há ônibus que trafegam pelas hidrovias dos canais como há também barcos que servem como restaurante, residência e vários outros tipos frequentando esses canais semicirculares. Os canais externos que cercam a cidade também tinham a vantagem de servir como uma espécie de fosso para proteção contra invasores.

O layout dos canais na cidade holandesa moderna

Amsterdam foi criada com canais de círculos concêntricos voltados para a Baía de IJ no século XVII. Três canais foram projetados tendo em mente o desenvolvimento residencial. O quarto, mais externo, foi criado para defesa e para administrar o excesso de água. Essas hidrovias eram interconectadas por canais radiais, assumindo a forma de um ventilador. A construção foi feita do oeste para o leste, sendo que a área leste levou mais tempo para ser irrigada. Delft é formada em um retângulo com os canais formando uma grade. Java-eiland em Amsterdam é um bom lugar para ver mais da moderna tecnologia de canais.

Autenticamente holandês

Ao visitar Amsterdam ou outra grande cidade na Holanda, é bom passar algum tempo nos canais. A história dos canais está muito integrada com as cidades e os tours, e a maioria dos pacotes de turismo inclui os canais. Se você quiser apenas a oportunidade de admirar os canais na própria água, um táxi aquático, especialmente em Amsterdam, pode ser uma boa maneira de apreciá-los e economizar dinheiro para o restante da viagem.